segunda-feira, 29 de julho de 2013

Abertura do Grupo 249 Aveiro

Sábado o Grupo 212 esteve na abertura de mais um grupo no distrito de Aveiro, que já conta com quatro grupos.

ECG Ricardo perante as Chefias no compromisso
Entrega da lembrança do Grupo 212 ao Grupo 249
Boa caça 249 Aveiro



sexta-feira, 26 de julho de 2013

Insígnia Associativa

Insígnia da AEP actualmente designada como Símbolo AEP Clássico


A insígnia associativa da Associação dos Escoteiros de Portugal e de quase todas as associações escotistas, é a flor-de-lis. A flor-de-lis encontra-se na base das insígnias das associações escotistas, as quais lhe juntam elementos capazes de fazer sobressair a sua nacionalidade.

Assim, o carácter nacional da AEP traduz-se pela sobreposição à flor-de-lis, do escudo das quinas, símbolo que figura na bandeira de Portugal, e da divisa «Sempre Pronto», inscrita num listel, cuja forma semelhante à de um sorriso demonstra a satisfação de se estar preparado para agir, de acordo com os ditames do Compromisso e da Lei, em qualquer situação que se apresente. 

O significado da insígnia associativa é o seguinte:  


1 Pétalas superiores - recordam os três artigos do Compromisso de Honra;

2 Linha vertical sobre a pétala central - simboliza o Norte, o rumo certo, o bom caminho que deve orientar a vida de um escoteiro; 

3 Estrelas nas pétalas laterais - representam os dois olhos vigilantes do escoteiro e os dez vértices das estrelas recordam os dez artigos da Lei do Escoteiro; 

4 Escudo das quinas – o escudo de armas de Portugal identifica a Pátria dos Escoteiros de Portugal; 

5 Travessão ou anel de união das pétalas - significa a fraternidade Mundial escotista; 

6 Listel «Sempre Pronto» - é a Divisa do Escoteiro e a sua forma lembra também o sorriso que demonstra a satisfação de se estar preparado para agir;

7 Nó de remate do listel - é o nó da Boa Acção e chama a atenção para a sua prática diária.

domingo, 21 de julho de 2013

Formação de Dirigentes

Durante o fim de semana de 20 e 21 Julho, reuniram-se no campo escola da Caparica, os formadores da escola de dirigentes da A.E.P.(ENFIM) com vista a melhor dinamizar e qualificar a formação dos chefes das estruturas associativas, estas jornadas serviram também para actualizar os conteúdos pedagógicos para todo o universo dos Escoteiros de Portugal.
O grupo 212 esteve representado, com um Instrutor de Formação, que participou activamente nestas jornadas, que tinham por objectivo preparar uma formação mais concreta para os dirigentes.
Novas regras e desafios foram definidos o que tornará os Escoteiros de Portugal uma escola de valores e cidadania ainda mais proactivos e dinâmicos , e com um grau de exigência ainda maior, o que proporcionará aos nosso jovens maior dinamismo, alegria , jogos, responsabilidade e dedicação ao próximo, não descurando o progresso pessoal, definido individualmente e conscientemente.

A associação de Escoteiros de Portugal tem como missão auxiliar crianças e jovens a terem um papel activo na sociedade , esclarecidos e solidarios.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

O que é o Escotismo? Perguntas e Respostas

O Escotismo é um movimento educacional para jovens - daí também o nome Movimento Escoteiro - com a colaboração de adultos. Como educação não formal o Escotismo complementa a escola e a família, através de actividades que não são realizadas nestes dois ambientes. O Escotismo estimula o jovem a conhecer a sua necessidade de explorar, descobrir, querer saber. Os escoteiros descobrem o mundo que está além da sala de aula e aprendem, entre outras habilidades, a ouvir o outros para aprender e passar o seu conhecimento ao próximo. Assim o Escotismo é EDUCAÇÃO PARA A VIDA.
Qual é o propósito do Escotismo?
Através da recriação, o Escotismo pretende e alcança o objectivo de ajudar os jovens a desenvolver fisica, intelectual, social e espiritualmente.
Os Escoteiros são militares?
Não há nenhum vínculo entre o Escotismo e qualquer força armada. O Movimento escoteiro não é uma nenhuma força para-militar nem pré-militar.
Quem pode participar?
O Escotismo é aberto a todos, sem discriminação de raça, credo, origem, condição social ou física. Todos podem ser escoteiros.
As raparigas também podem participar?
Sim, as raparigas também participam. O Escotismo ensina aos rapazes e raparigas a cooperarem no desenvolvimento das tarefas e conhecimento mútuo.
E os adultos?
O escotismo é mais voltado para os jovens, mas os adultos são imprescindíveis na aplicação do programa escotista. Ao mesmo tempo também beneficiam à medida que têm uma hipótese de voluntariamente ajudarem crianças e jovens. Na actividade voluntária os adultos adquirem valiosos conhecimentos, passam por novas experiências que, certamente, aumentam muito o desenvolvimento pessoal de cada um.
Há algum método?
O método escoteiro pode ser resumido nos seguintes pontos:
COMPROMISSO PESSOAL - através de um código simples de viver: a Promessa e a Lei escoteira.
APRENDER FAZENDO - participação activa e na prática.
VIDA EM EQUIPA E DESENVOLVIMENTO PESSOAL- em pequenos grupos desenvolve-se a liderança, habilidades para trabalhar em grupo e responsabilidade individual.
ACTIVIDADES PROGRESSIVAS DIFERENTES E VARIADAS - actividades progressivas baseado nos interesses dos jovens e em contacto com natureza. Em suma, um ambiente de aprendizagem rico onde a simplicidade, criatividade e descoberta promovem um conjunto de aventura e desafio.
DESENVOLVIMENTO PESSOAL PELA ORIENTAÇÃO INDIVIDUAL- É posto em ênfase a realidade vista do ponto de vista de cada jovem, confiando-se nas potencialidades de cada um. O exemplo pessoal do adulto é fundamental.
É necessário pertencer a alguma religião específica?
Não o escotismo não está vinculado a nenhuma religião ou crença específica.
Os Escoteiros envolvem-se com a comunidade?
Os escoteiros participam atendendo necessidades reais. Os escoteiros estão envolvidos num número vasto de assuntos relacionados com as comunidades onde vivem.
Quem paga as despesas do escotismo?
Infelizmente são os próprios escoteiros que pagam. No Grupo todos os elementos pagam uma mensalidade. No caso de haver um acampamento, cada escoteiro paga uma quantia estipulada pelos chefes de grupo, que visa cobrir todas as despesas da actividade.
Quanto ao material individual, tendas, botas, canivetes, etc, cada elemento é responsável pela sua aquisição. O material de uso colectivo é da responsabilidade do Grupo e comprado com o dinheiro das mensalidades.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Em altura de Centenário eis que chegam os reforços de verão:

AQUELÁ Chefe Rita
ECTEX Rui Caralinda
Maria João TES Patrulha Pantera
Mostra que tens coração de Escoteiro, faz como eles junta-te á família do 212 Oliveira de Azeméis, estamos todos a tua espera...

segunda-feira, 8 de julho de 2013

100 ANOS DA AEP - COMEMORAÇÃO DO CENTENÁRIO



Escoteiros,

A AEP faz 100 anos e este é um festejo ao qual não podemos faltar.
Queremos que o nosso grupo esteja em peso nesta mega festa do Escotismo!

Local da Atividade: Complexo Desportivo do Jamor, Concelho de Oeiras.
  7 e 8 Setembro 2013

Check-in:
- sábado dia 7 de setembro (das 8h00m às 10h00m)
Check-out:
- domingo dia 8 de setembro a partir das 13h30m

Regime de dormidas:
- Acantonamento em função do número de participantes. As dormidas serão por Divisão.

Alimentação:
- é da responsabilidade dos participantes as mesmas deverão ser volantes.


LIMITE DAS INSCRIÇÕES - 14 JULHO!

Os escoteiros interessados em participar devem fazer a sua inscrição junto da chefia do 212, o mais rápido possível! Vamos lá mostrar a nossa garra...



 E porque os Cem anos só se comemoram uma vez,
 

 O GRUPO 212 NÃO PODE FALTAR!!!

sábado, 6 de julho de 2013

Uma Aventura 100 Espinhos

Dia 29 e 30 de Junho as Tribos do 212 fizeram rumo a Silvalde para participarem num acampamento selvagem e Jogo de Cidade que os levou a conhecer um pouco da história de Espinho. Visitaram o Agrupamento 1114 do CNE o Grupo 248 de Espinho e a praia claro..., entre outras coisas.






 Participaram num jogo de pistas para encontrarem o Campo Lobo Cinzento
  A Patrulha Carneiro da TEX em Amarações

 
 No domingo foi dia de visitar a exposição do Lobo Cinzento Chefe Victor Peixoto no Mosteiro de Grijo






Raid Arouca PR 13 Na Senda do Paivó

Dia 15 de Junho o Grupo 212 Oliveira de Azemeis fez um Raid até a aldeia de Regoufe e visitou as antigas minas de Volfrânio e na volta não faltou o banho nas cascatas naturais. Muito bem 212 um bravo para as tribos Tes e Tex.